Têm TEMPO para me dar?

Image v1
dezembro
07
Histórias sobre mim

Por Cristina Amaro

Não tenho tido tempo de vos escrever. Nem aqui nem nas redes sociais. Ando a mil!! A minha vida, nesta altura do ano, é sempre em passo acelerado mas este ano está particularmente acelerado... Como este blog serve para partilhar um pouco da minha vida com quem me segue, quero contar-vos um pouco do que têm sido os meus dias nas últimas semanas.

Costumo dizer aos que me são mais próximos que sou a mulher dos 7 ofícios. Mas muitas vezes são muito mais! Para dar conta de tantas responsabilidades em simultâneo só se pode viver assim mesmo. Em passo acelerado. E é assim porque gosto? Não! É assim porque tem de ser assim.

Quem conhece o meu rosto do ecrã da SIC Notícias desengane-se em relação ao que poderia imaginar ser uma vida tranquila. Não é. Às vezes sinto-me uma heroína tamanhas são as exigências permanentes e vencidas. Tenho sorte nos quase 15 anos de antena do Imagens de Marca? Não! Tenho muito trabalho. Todos os dias!! E tenho uma equipa incrível que ajuda uma máquina de produção imparável. E isso é o que faz toda a diferença.

Nesta altura o trabalho intensifica-se. Fim de ano significa fecho de ano fiscal da empresa. Balanço de trabalho com equipa. Planeamento do próximo ano e preparação de arranque de nova série do Imagens de Marca. Soma-se a isto, em Janeiro, 15 anos de Imagens de Marca e novo encontro de Advisory Board. Ainda se somam reuniões. Internas e externas. Em Lisboa e fora de Lisboa. Gravações de emissões especiais e regulares. Aprovação de 500 mil tarefas da minha equipa para que a produção de coisa alguma fique parada em mim (que já muitas vezes acontece...). E como se não bastasse, ainda há o blog. A família. A casa. E eu...que não estou propriamente em último.

Tenho uma vida fácil? Não. Tenho uma vida de responsabilidades como empresária que sou, acima de tudo e em primeiro lugar. E se há coisas que um empresário tem de ter ė a noção de responsabilidade social. A minha empresa emprega 22 pessoas. São 22 casas. 22 famílias. 22 ordenados. Todos os meses. Tenho a vida que escolhi? Não. Tenho a vida que a vida me foi dando. Tenho a vida que fui aceitando.

Porque vos digo isto? Para que estejam comigo também nos meus silêncios. Não é desinteresse para com nenhum de vós que me segue aqui, na SIC Notícias e nas redes sociais. É mesmo tanto trabalho que nem espaço dá para escrever um texto.

Este “saiu” em 5 minutos. Só para vos desejar um bom fim de semana. Até porque também no écran da SIC, este fim de semana, será a Maria José Martins a receber-vos no Imagens de Marca. Para eu puder ir ao Porto e a Braga fazer reuniões, a equipa fica cá a dar continuidade ao que não pode parar. E não paramos. Por nós. E por vocês ;-)

Sentir a vida